A Perfeição dos Desenho Realistas e Hiper Realistas

O desenho hiper realista é frequentemente percebida como uma forma de distanciamento da realidade, uma chave para desvendar algum significado oculto no mundo que nos rodeia.

Isso não é totalmente verdade para gêneros de arte como o hiper-realismo, onde a linha entre realidade e arte é praticamente apagada. Vários ramos do realismo estão claramente focados em produzir obras de arte que se assemelhem a uma imagem da vida real, algumas delas até indo além e além.

Considerado como um avanço efetivo do Fotorrealismo, o estilo recém-desenvolvido ainda contém algumas diferenças sutis em relação ao seu predecessor.

Os fotorrealismos pretendiam reproduzir fotografias da forma mais precisa possível, de modo que o olho humano não pudesse distinguir entre a pintura original e a resultante, enquanto os hiper-realistas levaram a técnica ainda mais longe.

Eles desenvolveram formas de incluir narrativa, charme e emoção na pintura, não deixando-a desprovida de personalidade como fazem algumas das obras do Fotorrealismo. Brevemente conhecido como Super-realismo, o Hiper-realismo foi o alicerce do trabalho fotorrealismo norte-americano do final da década de 1960, mas para ficar hiper, você deve ir além do nível atual, que é exatamente o que o Hiper-realismo fez. Então, até onde isso realmente aconteceu?

Será que os hiper-realistas se desviaram para além da linha da arte, onde o seu trabalho se tornou um mero exemplo de soberba habilidade, ou eles, na verdade, confundiram as linhas entre realidade e arte, abrindo caminho para uma nova expressão hiper artística?

Hiper-realistas introduziram narrativa, charme e emoção no aspecto do realismo.

Desenho Realista e Hiper Realista

curso de desenho hiper realista

Como o estilo cresceu a partir do fotorrealismo e o que o tornou diferente
A origem do termo Hiper-realismo remonta a 1974, quando cunhou pela primeira vez o título de uma grande exposição e catálogo em sua galeria em Bruxelas.

A exposição incluiu artistas influentes, mas foi dominada pelos fotorrealismos americanos.

Desde o evento, o hiper-realismo tem sido utilizado como um termo referente aos pintores influenciados pelos fotorrealismos. Seguindo suas raízes no Fotorrealismo, o recém-criado ramo do realismo se esforçou para retratar as imagens de uma maneira ultra-realista.

No entanto, foi um pouco contrastado com a abordagem literal encontrada em pinturas tradicionais fotorrealismos do final do século XX.

Os praticantes do hiper-realismo também se basearam pesadamente em imagens fotográficas como fonte de referência, mas deram um passo além, com o objetivo de criar uma interpretação mais detalhada e definitiva, muitas vezes contendo uma certa quantidade de emoção e narrativa.

Enquanto os fotorrealismos tendiam a imitar a fotografia, os pintores hiper-realistas se esforçavam para alcançar um desenho pictórico diferente, incorporando um elemento que poderia não estar lá na realidade.

Eles conscientemente implicavam um foco mais suave e complexo no tema descrito, criando uma ilusão de uma nova realidade não vista na foto original.

Ainda longe de serem surreais, as ilusões exibidas eram imagens cativantes da realidade, sutilmente aprimoradas com uma nova camada de visão.

desenho realista

A simulação de algo que nunca realmente existiu

Então, como você pode definir claramente uma imagem hiper-realista quando vê uma? Às vezes não é uma tarefa fácil, as distinções e diferenças podem ser muito sutis e ocultas desde o primeiro olhar.

Principalmente, são as texturas, superfícies, sombras e efeitos de iluminação que são pintados para parecerem mais claros e definidos, expondo as dicas do Hiper-realismo.

Usando a filosofia de Jean, o hiper-realismo é baseado na simulação de algo que nunca existiu.

Apoiando-se nas imagens digitais e nas imagens de alta resolução produzidas pelas câmeras digitais, as pinturas e esculturas expandem a imagem e criam um novo sentido da realidade, uma falsa realidade que age como uma ilusão convincente.

Elementos emocionais, sociais, políticos e culturais são incorporados como um elemento temático na realidade recém-formada.

Hiper-realistas geralmente incluem desenhos preliminares ou grisalha e moldes em seu processo criativo, muitos começam como curso de desenho realista funciona muito bem para passar para o hiper realismo.

Para atingir esse alto nível de precisão, os artistas geralmente empregam projeções de slides fotográficos ou projetores multimídia em telas ou outras técnicas rudimentares, como a malha.

Quanto às esculturas, os polialiléster são aplicados diretamente no corpo ou molde humano.

Não há como negar o alto nível de proezas técnicas necessárias para este processo criativo único, são elogiados por sua habilidade e capacidade de transformar sua visão em uma peça surpreendente de arte.

Muitos artistas exibem seu talento criativo através do hiper-realismo, no entanto, nem todos os públicos e críticos compartilham o mesmo tipo de admiração pelo gênero…